Arqueologia
Ambiente
Actividades
Notícias
Menção Honrosa do Prémio Nacional do Ambiente 2008/2009

Realizou-se no dia 28 de Julho a cerimónia de entrega do “Prémio Nacional de Ambiente Fernando Pereira” 2008/2009

Prémio Nacional de Ambiente Fernando Pereira
2008/2009

A Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente instituiu em 1999 o Prémio Nacional de Ambiente “Fernando Pereira”. Anualmente, a Confederação assegura os prémios entregues aos galardoados e as menções honrosas, bem como a organização do evento, nomeadamente a escolha do local, o processo de nomeação e apuramento dos premiados e a cerimónia de entrega.

O nome escolhido é uma homenagem a um dos mártires da causa ambiental, o fotógrafo português Fernando Pereira, morto no acto de sabotagem do navio do Greenpeace que há 20 anos tentava impedir a realização de testes nucleares franceses no atol de Muroroa no Pacífico.

O prémio destina-se a galardoar a pessoa, instituição ou empresa que em cada ano se distinga na sua acção como “amiga do ambiente”.

Nesta edição de entrega dos prémios que se realizou no passado dia 28 de Julho na Mãe d’Água das Amoreiras – Museu da Água (Lisboa), a Associação de Estudos do Alto Tejo e as Câmaras Municipais de Vila Velha de Ródão e Nisa foram distinguidas com a Menção Honrosa do Prémio Nacional do Ambiente Fernando Pereira 2008/2009 pela Classificação das Portas de Ródão cujo processo de classificação desenvolveu-se entre Setembro de 2004 e Julho de 2005 junto do então Instituto da Conservação da Natureza. A aprovação em Conselho de Ministros, deu-se com a sua publicação do Decreto Regulamentar n.º 7/2009 de 20 de Maio. Duas grandes finalidades estiveram na base da proposta: a preservação dos valores naturais, cénicos e culturais existentes, garantindo o equilíbrio paisagístico e assegurando a articulação entre o natural e o humanizado, e a promoção do desenvolvimento sustentável da região tirando partido da singularidade, valor cénico, raridade e representatividade ecológica do conjunto composto pelo monumento natural e pela sua envolvente. Pela marca na paisagem, pelo carácter único e singular, pelo simbolismo que este geomonumento representa a nível local e nacional, mas também pelos valores geológicos, biológicos e culturais existentes na envolvente e na dependência das Portas de Ródão.
« Abril 2017 »
D S T Q Q S S
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            
SIGA AS NOSSAS PEGADAS
 PESQUISA