Arqueologia
Ambiente
Actividades
Notícias
Encontro “Compreender a paisagem cultural do Tejo e os seus valores”

A Associação Tagus Universalis vai realizar no dia 18 de Fevereiro de 2011 um encontro intitulado - "Compreender a paisagem cultural do Tejo e os seus valores”, este irá ter lugar na Sociedade de Geografia de Lisboa.

Tagus Universalis – Associação

 

Encontro “Compreender a paisagem cultural do Tejo e os seus valores”

(Sociedade de Geografia de Lisboa, 19 de Fevereiro de 2011)

 

PROGRAMA (2011Fev18)

08h30 – Registo

(1) Abertura (09h00/09h30)

     _Primeiras palavras, Prof. cat. Luís Aires-Barros (Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa).

      _”Da ideia da candidatura do Tejo ibérico à inscrição na Lista de Património Mundial da UNESCO”, Dr.ª Barbara Palomares (Presidente da Direção da Associação Tagus Universalis Espanha) (10 min).

      _”O roteiro para a fundamentação da candidatura do Tejo ibérico”, CAlm José Bastos Saldanha (Presidente da Direção da Associação Tagus Universalis Portugal) (10 min).

(2) Painel 1 – “A paisagem e o Tejo” (09h30/11h00)

     Moderador, Prof. cat. Luís Aires-Barros (Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa)].

      _“Tejo: Margens e Patrimónios”, Dr. Gonçalo Couceiro (Diretor do Instituto de Gestão do Património e Arquitectónico e Arqueológico) (15 min).

      _“O caso da paisagem cultural do Alto Douro Vinhateiro”, Prof doutor Fernando Bianchi-de-Aguiar (15 min).

      _“As unidades de paisagem no Tejo Português: contributo para a delimitação da paisagem cultural”, Prof. doutor Alexandre Cancela d’Abreu (15 min).

     Debate e comentários conclusivos (30 min).

Intervalo (11h00/11h30)

(3) Painel 2 – “A água: o elemento essencial” (11h30/13h00)

     Moderador, Prof. cat. Francisco Nunes Correia (docente do Instituto Superior Técnico).

      _“Desafios e respostas para enfrentar a escassez e a seca nas regiões hidrográficas luso-espanholas”, Eng. Adérito Mendes (Instituto da Água) (15 min).

      _”Gestão dos recursos hídricos na Região Hidrográfica do Tejo: dos conceitos à prática”, Eng.ª Simone Pio (Vice-presidente da ARH do Tejo) (15 min).

      _”Água e biodiversidade: a sustentabilidade ecossistémica do Tejo”, Dr. João Carlos Farinha (Diretor do Departamento de Gestão de Áreas Classificadas de Zonas Húmidas do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade) (15 min).

     _Debate e comentários conclusivos (30 min).

Almoço (13h00/14h30)

(4) Painel 3 – “Tejo: Interação entre Natureza e comunidades” (14h30/17h00)

      Moderador, Prof. doutor João Ferrão (ICS/UL).

      _”Tejo: a gestão dos recursos hídricos transfronteiriços”, Embaixador Gonçalo Santa Clara Gomes (Presidente da Comissão para Acompanhamento e Desenvolvimento da Convenção de Albufeira) (15 min).

      _”Como harmonizar os critérios de definição dos limites da paisagem cultural do Tejo com opções estratégicas de desenvolvimento das regiões do Centro, do Oeste e Vale do Tejo e do Alentejo?”, Dr.ª Vanda Nunes (Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo) (15 min).

      _”Visões do Tejo, visões para o Tejo; as paisagens fluviais, interfaces entre a natureza e as comunidades ribeirinhas”, Prof.ª doutora Graça Saraiva (docente da Faculdade de Arquitectura de Lisboa) (15 min).

      _“Paisagem cultural: o vínculo espiritual na conservação dos valores naturais do Tejo”, Eng. João Caninas (Associação de Estudos do Alto Tejo) (15 min).

      _”O uso milenar dos espaços agrícolas e florestais do Tejo e a requalificação sustentável da ruralidade, dos processos produtivos tradicionais e das artes e dos ofícios afins”, Eng. Eugénio Sequeira (Sociedade de Geografia de Lisboa) (15 min).

      _“O Tejo: lugar inquieto de memórias, identidades e culturas”, Dr. António Maia Nabais (Presidente da Associação dos Amigos do Tejo) (15 min).

      _”Que património do Tejo deixamos aos vindouros?”, Doutor Carlos Blazquez Herrero (Diretor da Acualis, S.L.) (20 min).

      _Debate e comentários conclusivos (30 min).

(5) Encerramento (17h00/17:15)

      _”O início da caminhada”, CAlm José Bastos Saldanha (Presidente da ATUP).

      _Palavras de encerramento, Prof. cat. Luís Aires-Barros (Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa).

« Julho 2017 »
D S T Q Q S S
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
SIGA AS NOSSAS PEGADAS
 PESQUISA