Arqueologia
Ambiente
Actividades
Notícias
Aconteceu no dia 05 de Maio - Apresentação da Revista Açafa Online nº 3

Foi apresentada publicamente, no passado dia 5 de Maio, no Museu Nacional de Arqueologia, o número 3 da revista Açafa Online, editada pela Associação de Estudos do Alto Tejo e que versa o tema: Muros-apiários, um património comum no Sudoeste Europeu A sessão de apresentação realizada no nobre espaço do Mosteiro dos Jerónimos, contou com uma assistência composta por cerca de 50 participantes, entre arqueólogos e outros interessados pelas temáticas da investigação patrimonial.

O tema dos muros-apiários, linha de investigação reconhecida como inovadora no contexto da arqueologia nacional, e que aporta novas contribuições para os estudos de economia rural e da arquitectura popular portuguesa, aparece desenvolvido neste número da revista, em diferentes perspectivas metodológicas:
Épocas de construção;
Tipologia das construções e materiais utilizados;
Implantação no terreno e organização do espaço;
Áreas de disseminação das construções, no contexto peninsular e europeu;
Impacto económico nas comunidades locais;
Problemática do urso e dos restantes predadores dos colmeais;
Contexto florístico das diferentes regiões.

Esta edição é constituída pelos seguintes doze textos e nove comentários:
LES ENCLOS À ABEILLES (Gaby Roussel);
LES MURS À ABEILLE DANS L’EUROPE OCCIDENTALE (Robert Chevet);
LES APIERS DE LA HAUTE VALLÉE DE LA ROYA (Luigi Nino Masetti);
RUCHERS DANS LA VALLÉE DE L´EBRE (Robert Chevet);
LOS COLMENARES TRADICIONALES DEL NOROESTE DEESPAÑA (Ernesto Díaz y Otero e Francisco Javier Naves Cienfuegos);
MUROS APIÁRIOS NA GALIZA INTERIOR: OS ALVARES DOCAUREL (Lois Ladra e Xúlia Vidal);
MUROS-APIÁRIOS DAS SERRAS DO ALVÃO E MARÃO: CONTRIBUIÇÃO PARA O SEU ESTUDO E PRESERVAÇÃO (António Pereira Dinis e A. Mário Dinis);
OS MUROS-APIÁRIOS DO PARQUE ARQUEOLÓGICO DO VALE DO CÔA (Dalila Correia);
OS MUROS-APIÁRIOS DA REGIÃO DE CASTELO BRANCO E ZONA ENVOLVENTE (Francisco Henriques, João Carlos Caninas, Mário Lobato Chambino, José Teodoro Prata e José Joaquim Gardete);
OS MUROSAPIÁRIOS DO PARQUE NATURAL DA SERRA DE SÃO MAMEDE E SÍTIO DE SÃO MAMEDE (Joana Salomé Camejo Rodrigues e João Carlos Neves);
PRESENÇA HISTÓRICA DO URSO EM PORTUGAL ETESTEMUNHOS DA SUA RELAÇÃO COM AS COMUNIDADES RURAIS (Francisco Álvares e José Domingues);
ORIGINALIDADES DO COBERTO VEGETAL DOALTO TEJO (Mafalda Veigas, Carlos Vila-Viçosa, Paula Mendes e Carlos Pinto-Gomes);
MUROS, ENTRE AS ABELHAS E OS URSOS. ALGUNS COMENTÁRIOS, REFLEXÕES E OUTROS CONTRIBUTOS (Alexandra Lima, António Nabais, Helena Paula Vicente, Jorge de Oliveira, Jorge Paiva, Maria Ramalho, Maria de Jesus Sanches, Paulo Ramalho e Teresa Soeiro).

Os muros-apiários são construções em pedra ou taipa que formam cercados destinados a proteger os colmeais contra diversos tipos de agressões, entre as quais os mamíferos, com destaque para os ursos. Estas construções ocorrem em várias regiões da Europa e do Mediterrâneo. Este processo de proteger os apiários, cercando-os com muros, por vezes muito altos, não é único, existindo outros tipos de construções com idêntico propósito, mas será talvez um dos mais representativos à escala europeia, desde a Península Ibérica até às Ilhas Gregas, de tal modo que o seu estudo e divulgação podem constituir novos elos de aproximação entre povos e culturas.
O nº 3 da revista digital AÇAFA On-line, dedicada ao tema Muros-apiários, já está disponível na página da Associação de Estudos do Alto Tejo em www.altotejo.org.
O acesso directo pode ser feito através do seguinte link: http://www.altotejo.org/acafa/acafa_n3.asp
« Novembro 2017 »
D S T Q Q S S
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
             
SIGA AS NOSSAS PEGADAS
 PESQUISA