Arqueologia
Ambiente
Actividades
Notícias
Museu Francisco Tavares Proença Júnior prestou homenagem a Francisco Henriques

A sociedade dos Amigos do Museu Francisco Tavares Proença Júnior de Castelo Branco homenageou, no passado da 30 de novembro, num cerimonia que decorreu no museu, os arqueólogos João Henriques Ribeiro e Francisco Henriques, pelo seu percurso de vida dedicado à arqueologia regional.

No caso concreto de Francisco Henriques, membro fundador da Associação de Estudos do Alto Tejo, a sua dedicação aos estudos do património arqueológico remonta aos anos 70 do século passado, no âmbito dos grupos amadores criados na Casa da juventude de Castelo Branco e ganhou impulso com o contacto e a colaboração com os grupos de estudantes de história da universidade de Lisboa que, a partir de Ródão efetuaram o levantamento do complexo de arte rupestre do vale do Tejo. Tratou-se de uma cerimónia muito intimista, partilhada por inúmeros amigos, companheiros de trabalho e interessados pelo património regional. A Associação de Estudos do Alto Tejo congratula-se com esta iniciativa que, justamente, reconhece o mérito de personalidades que dedicam a sua energia a causas que pugnam pela preservação de valores que asseguram a identidade de um território. Durante o dia registou-se uma Mesa Redonda dedicada à Arqueologia de Castelo Branco, onde se efetuou uma retrospetiva do último século, desde os trabalhos do fundador do Museu, e se perspetivou o futuro desta atividade na região.

« Dezembro 2017 »
D S T Q Q S S
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
SIGA AS NOSSAS PEGADAS
 PESQUISA